Por que a gamificação pode ser o que faltava nos seus eventos?

Por que a gamificação pode ser o que faltava nos seus eventos?

Você sabia que os jogos são mais usados do que qualquer outro aplicativo de celular? No mundo, mais de 3 bilhões de horas são gastas dessa forma. Não é à toa que a gamificação se tornou uma estratégia poderosa de live marketing.

A inovação é regra de ouro para quem deseja estimular o engajamento de um público que está completamente seduzido pela tecnologia. Por meio dos jogos, é possível promover entretenimento, levar conhecimento de uma maneira criativa e estreitar relacionamentos.

Então, como aplicar a gamificação? Quais os benefícios reais de colocá-la em prática nos eventos? É o que você vai conferir no post de hoje. Continue a leitura:

Saiba por que usar gamificação em eventos

Você já conseguiu conversar com alguém enquanto tentava passar de fase no Pokémon Go ou em outro app? Impossível, não é? Independentemente do tipo do programa, quem está jogando sempre parece imerso em outra realidade e perde a noção do tempo.

Não há dúvidas de que o celular virou uma espécie de vício. Usar a mecânica do jogo no aplicativo do evento promovido pela sua marca é como dar incentivos às pessoas para que elas mantenham o foco e continuem conectadas a você.

A gamificação amplia os resultados do marketing de eventos e aumenta o ROI — Retorno Sobre Investimento. Isso acontece por vários motivos, principalmente porque o envolvimento do participante se torna maior e mais constante.

Nesse sentido, essa prática torna-se também uma estratégia de divulgação da própria marca, uma vez que a dinâmica com avatares, premiações, medalhas e outras conquistas levam a comentários, curtidas e compartilhamentos.

Veja outros benefícios de gamificar o seu evento

A gamificação oferece uma série de vantagens. Confira algumas:

  • os participantes sentem-se mais valorizados e felizes com o reconhecimento adquirido ao superar desafios e ganhar recompensas;
  • o jogo estimula a competitividade e a curiosidade em conhecer o desempenho de outros competidores; 
  • os participantes entendem uma informação com mais facilidade que nas formas tradicionais por conta da experiência marcante;
  • os jogadores têm mais habilidade para se colocar no lugar de outra pessoa, uma vez que podem visualizar outros cenários;
  • a dinâmica do jogo deixa os participantes à vontade. Assim, eles se envolvem mais e conseguem absorver melhor aquilo que você determinou;
  • o game associado ao evento melhora os negócios porque motiva atitudes positivas e inovadoras;
  • por meio do jogo, é possível construir um momento mais divertido para o evento ser memorável;
  • esse tipo de entretenimento traz assuntos relevantes para o dia a dia das pessoas, pois é uma quebra na rotina;
  • normalmente, quem participa de um jogo gosta de contar os resultados para os amigos, fato que ajuda a disseminar o marketing boca a boca.

Confira o case da mobLee no RD Summit

A mobLee, uma startup especializada em aplicativos, usou a gamificação no evento da RD Summit 2015. A ideia era aumentar o tráfego no estande da empresa e divulgar dois novos produtos.

Antes de tudo, a equipe iniciou um brainstorm de possíveis soluções para estimular a participação das pessoas. O tipo de cada potencial jogador foi observado e as regras do jogo elaboradas a partir dos objetivos. 

Durante o pré-evento, a ação foi divulgada nas redes sociais da empresa, além de disparos de e-mail marketing para provocar a curiosidade do público. O resultado: mais de 107% de usuários baixaram o aplicativo, ou seja, mais que os participantes.

Dentro do evento, foram distribuídos panfletos explicativos com as regras do jogo, mas essas informações também estavam disponíveis no programa. Dois telões apresentavam a colocação dos jogadores que se destacavam e os respectivos resultados em tempo real. 

Isso fez com que muita gente visitasse o estande para saber o que estava acontecendo e entender como participar da brincadeira. Genial, não é mesmo?

As interações dentro do app aconteceram por acúmulo de pontos em cinco diferentes categorias:

1. Social influencer

Aquele que recebe mais curtidas e comentários nas publicações da timeline do aplicativo.

2. The most wanted

Aquele que visita muitos estandes e disponibiliza a leitura do crachá por meio do app.

3. Best profile

Aquele que acumula mais pontos no matchmaking do aplicativo, recurso que permite encontrar contatos profissionais com interesses em comum.

4. Business person

Aquele que troca mais mensagens com outros participantes e agenda reuniões.

5. Reviewer

Aquele que avalia mais itens da programação do evento com o recurso de feedback no aplicativo.

Quem conseguisse juntar mil pontos poderia passar no estande para receber um adesivo metalizado. Ouros jogadores que reunissem mais pontos tinham direito a premiações especiais, como o Kindle da Amazon, fones de ouvidos e ingressos para o RD Summit do ano seguinte.

A empresa notou uma diferença considerável em relação aos outros anos, pois os resultados foram surpreendentes. Com uma solução tecnológica, foi possível interagir com os participantes e fazer com que eles vivenciassem uma experiência incrível. 

Entenda como aplicar a gamificação na sua estratégia

Na prática, a gamificação requer um planejamento estratégico elaborado para ser bem-sucedida. Afinal, não basta fazer com que um evento seja divertido; é preciso mapear informações: quem são os jogadores? Como o jogo vai impactar os usuários do serviço? Quais são os objetivos por trás dessa ação?

O briefing do projeto precisa incluir a identificação de motivadores, possíveis problemas, comportamentos que devem ser estimulados, definição de direcionamentos, testes, mensuração, acompanhamento, entre outros detalhes.

Além disso, é importante saber o que se espera como resultado ― consciência de marca e opinião dos participantes sobre um produto ou serviço, por exemplo. Aplicada da maneira correta, a gamificação é uma ótima ferramenta para otimizar a gestão de marketing.

Não se esqueça de que outros fatores também são relevantes para que o seu evento seja um sucesso. Por isso, cumpra todas as etapas do planejamento, da execução do evento e do pós-evento com avaliação de pontos positivos e negativos.

Como você viu, a diversão é um atrativo extraordinário para manter clientes engajados. A gamificação traz inúmeras vantagens para o seu negócio, principalmente porque os holofotes se viram para a sua marca, o consumidor vivencia uma experiência diferente e a sua empresa ganha mais visibilidade e resultados concretos.

Gostou de saber mais sobre a gamificação em eventos? Compartilhe este artigo para que seus amigos possam ler também!

Sem comentários

Cancelar