Muito além da fama: saiba o que levar em consideração ao escolher um influenciador digital

Muito além da fama: saiba o que levar em consideração ao escolher um influenciador digital

Com o objetivo de atraírem novos clientes, as empresas encontraram no influenciador digital uma grande oportunidade. Isso não se dá por acaso: essas pessoas possuem um enorme poder, capaz de engajar e despertar ações em um grande público. Porém, uma marca deve escolher muito bem com qual influenciador trabalhar, levando em consideração alguns pontos importantes.

Para ajudar você nessa escolha, criamos este post com as principais dicas para trabalhar com influenciadores. Confira!

Quais são os benefícios em trabalhar com um influenciador digital?

Muitas empresas já identificaram o grande potencial em trabalhar com um influenciador digital. Com uma grande quantidade de seguidores nas diversas redes sociais, essas pessoas conseguem direcionar uma ação, levantar discussões e aumentar o conhecimento de uma marca rapidamente.

Infelizmente, os influenciadores são frequentemente confundidos com celebridades, pessoas famosas. Isso não é necessariamente verdade. Uma celebridade pode não ter o conhecimento necessário para abordar um assunto, enquanto um influenciador digital sim.

Grandes empresas, como a Coca-Cola, a Adidas e o Banco do Brasil já desenvolveram essa estratégia e estão colhendo grandes resultados. Para se ter uma ideia, atualmente, o principal influenciador no Brasil — aquele com maior número de seguidores — é o Whindersson Nunes, com mais de 22 milhões de inscritos no YouTube. Uma ótima oportunidade, não é mesmo?

Sempre que uma marca é mencionada em um de seus vídeos, é crescente a procura pela empresa, seja para conhecer, ver os produtos, seguir as redes sociais, entrar em contato ou até mesmo comprar as soluções ofertadas.

Em eventos, se um influenciador está presente, o público ganha mais um motivo para comparecer, o que pode aumentar muito os resultados.

Porém, para ter sucesso com essa estratégia, é preciso escolher muito bem com qual influenciador a empresa deve trabalhar. Lembre-se que a identidade da marca deve ser sempre preservada e o objetivo com a campanha deve ser claro. Por isso, essa escolha tem grande importância.

Como escolher o influenciador ideal para a sua empresa?

Escolher o influenciador digital ideal para a sua empresa não é uma tarefa tão simples. Nesse momento, trabalhar em parceria com uma empresa especializada faz toda a diferença e pode agregar bastante na sua estratégia. Alguns dos pontos a serem analisados são os seguintes:

O perfil do influenciador

O primeiro ponto que deve ser verificado é o perfil do influenciador. Se a empresa quer manter uma comunicação mais séria e formal, trabalhar com um influenciar mais despojado pode causar um certo conflito com a identidade da marca. O tipo de linguagem e o uso da criatividade devem ser analisadas.

Além disso, podemos segmentar os influenciadores em diferentes tipos, como os microinfluenciadores e os macroinfluenciadores.

O primeiro tipo possui um público menor, entre 5 e 100 mil pessoas, com assuntos mais direcionados e focados. Com menos seguidores, ele consegue um relacionamento mais próximo e o engajamento é maior. Normalmente, esse tipo de influenciador possui um trabalho normal e a rotina nas redes sociais é tratada como um hobby.

No segundo caso, dos macroinfluenciadores, o foco está em expandir a sua rede de contatos. Eles possuem mais de um milhão de seguidores, que acompanham cada nova mídia com muita atenção. Por outro lado, os assuntos tratados são mais diversificados e a taxa de engajamento é menor.

Esses dois tipos de influenciadores representam grandes oportunidades. Enquanto o primeiro pode ser melhor utilizado em nichos específicos, com temas mais técnicos, o segundo é ideal para trabalhar o grande público e atrair mais pessoas até a marca.

O público-alvo

O público-alvo de um influenciador digital deve ser analisado para a escolha. Afinal, com esse trabalho, você quer atrair novos clientes para a sua empresa, mas, se os públicos forem diferentes, pode estar desperdiçando seus recursos.

Então, depois de conhecer muito bem quem é o público-alvo do seu negócio, fazer um estudo das pessoas que são atingidas pelo influenciador em potencial pode gerar boas análises.

Os temas abordados

Alguns influenciadores sempre trabalham os mesmos temas em seus vídeos, posts e demais mídias. Outros já diversificam e falam de assuntos diversos. Entender isso é importante para alinhar o seu objetivo com o investimento.

Imagine que você opta por trabalhar com um influenciador que fale de um determinado tema específico. Você viu um dos vídeos produzidos, em que ele fala desse assunto e já quer trabalhar a parceria. Porém, não percebeu que ele só tratou do assunto nesse vídeo e não abordará mais o tópico. Frustrante, não é?

Ou seja, essa análise dos temas deve ser feita com muito cuidado para não prejudicar os objetivos da empresa no trabalho com o influenciador digital.

O engajamento do público

Um ponto de extrema importância na escolha é o engajamento que o influenciador consegue obter. Esse engajamento é a ação do público, que deve ser direcionada pelo influenciador.

Por exemplo, em um dos vídeos a pessoa reconhecida indica uma marca aos seus seguidores, mostrando o site dela. Porém, depois disso, a empresa indicada não tem um grande aumento no tráfego da página, o que mostra que as pessoas não se engajaram com o material.

O engajamento está muito relacionado com o tipo de influenciador, o tamanho do público e, claro, o carisma, criatividade e persuasão do profissional.

O alcance das ações

O alcance é uma vertente muito importante. Se o objetivo da empresa é aumentar o conhecimento sobre a marca, trabalhar com um influenciador com o maior número de seguidores é bem interessante. Mas se o desejo é que eles tomem uma determinada ação, um microinfluenciador pode ser mais relevante. O alcance deve ser medido pelo número de seguidores nos diferentes canais utilizados.

Os canais de comunicação

Por fim, nossa última análise a ser feita é a dos canais de comunicação utilizados. Na maioria dos casos, os influenciadores utilizam as redes sociais para manter saudável o relacionamento com o público e criar um maior envolvimento. Então, deve-se levar em conta quais são as redes e se o público-alvo da empresa também tem essas preferências.

Como vimos em nosso artigo, uma empresa que pretende atrair novos clientes deve considerar a parceria com um influenciador digital. Essa estratégia pode agregar bastante e aumentar o conhecimento da marca, atrair pessoas para o site, impulsionar as vendas ou aumentar consideravelmente o número de participantes em um evento.

Porém, para alcançar o máximo de resultado com essa ação, é preciso ter muito cuidado na escolha do influenciador. Uma má decisão pode causar sérios danos à imagem da empresa, enquanto uma boa escolha pode transformar o seu negócio positivamente.

Por isso, é recomendado contar com a ajuda de uma empresa especializada, com todo o conhecimento e experiência necessários para executar um bom plano estratégico.

E então, quer saber mais como utilizar um influenciador digital na sua empresa? Entre em contato conosco e conte com a ajuda de nossos especialistas!

Sem comentários

Cancelar